Política de Privacidade

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Para demonstrar o seu compromisso com a transparência e o respeito para com os clientes, o Banco do Estado do Pará S/A (Banpará) apresenta a Política de Privacidade, com linguagem simples, clara e objetiva.

A Política tem por objetivo demonstrar a forma como o nosso site e aplicativos coletam, armazenam e utilizam as informações dos nossos clientes.

Em caso de dúvida, entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento.

Termos e Condições

A utilização dos serviços disponibilizados pelo Banpará, por qualquer cliente, implicará em expressa aceitação dos Termos e Condições da Política de Privacidade vigente, na data de utilização.

O cliente que não concordar com a Política de Privacidade vigente não poderá utilizar os serviços disponibilizados, pois a não aceitação ou a não disponibilização das informações solicitadas impedirá a prestação dos serviços.

Os novos serviços online que venham a ser disponibilizados pelo Banpará estarão automaticamente sujeitos à Política de Privacidade vigente à época de sua utilização.

As informações coletadas

Existem 02 maneiras básicas para salvar e registrar os dados sobre o cliente:

a) dados fornecidos de forma voluntária: informações em geral pessoais, quando o cliente acessa os aplicativos (exemplo: nome, endereço, data de aniversário, etc.) ou quando realiza alguma transação;

b) dados fornecidos de forma automática: quando o cliente utiliza os serviços e as informações são fornecidas automaticamente por seu dispositivo eletrônico, no momento do acesso (exemplo: o endereço IP, a geolocalização, etc.).

Durante o acesso ao site institucional do Banpará, nenhum dado do cliente será coletado.

Pode ocorrer registro de cookies, porém o Banpará não armazena nenhum dado referente a esses acessos. Da mesma forma o Banpará não tem acesso às informações coletadas por cookies presentes nos sites direcionados por links a terceiros.

Como utilizamos as informações coletadas

O Banpará não identifica, individualmente, as informações registradas, de forma que os dados salvos não podem ser associados direta ou indiretamente aos clientes.

Esses dados são analisados de forma estatística, nunca individual, e sempre com o objetivo de entender melhor os interesses e necessidades do cliente, melhorando o conteúdo e a funcionalidade dos aplicativos.

Tais informações são coletadas pelos canais eletrônicos de atendimento e, posteriormente, armazenadas mediante rígidos padrões de sigilo e integridade, bem como controles de acesso físico e lógico, observando-se sempre os mais elevados princípios éticos e legais.

As informações são coletadas com o objetivo de disponibilizar um conjunto de produtos e serviços no aplicativo e mantê-los em constante evolução, ou seja, reúne-se e analisa-se estes dados para oferecer uma experiência cada vez melhor e mais segura na interação do cliente com as plataformas do Banpará. Lista-se, a seguir, de forma específica, como são utilizados os dados dos clientes:

  • Monitorar e analisar a quantidade de acessos e o uso do aplicativo;
  • Verificar a identidade e evitar fraudes, atividades ilegais ou não autorizadas;
  • Desenvolver, manter e aperfeiçoar recursos e funcionalidades do aplicativo;
  • Melhorar a experiência do cliente;
  • Desenvolver novos serviços e produtos para o aplicativo;
  • Medir a adesão à plataforma mobile;
  • Analisar aspectos relacionados à segurança;
  • Para fins legais.

Quaisquer informações fornecidas pelos clientes trafegam de forma segura, utilizando processo de criptografia padrão da Internet, sendo coletadas e guardadas de acordo com os padrões rígidos de segurança e confidencialidade.

Como armazenamos os dados dos clientes

Os dados coletados são armazenados em servidores próprios no Brasil. Logo, o Banpará não os armazena em outros países. Caso isso venha a ocorrer, garante-se que todas as informações receberão tratamento, conforme a regulação de proteção de dados do Brasil.

O Banpará está, constantemente, analisando a coleta de informações, práticas de armazenamento e processamento, inclusive medidas de segurança física, para proteção contra acesso não autorizado aos sistemas.

O Banpará não visualiza os dados de áreas logadas do Mobile Banking ou quaisquer outras, protegidas por sigilo bancário.

O Banpará não se responsabiliza por vazamentos de dados ocorridos devido à má utilização dos sistemas, acesso via dispositivos infectados com vírus, repasse de informações sigilosas pelo cliente à terceiros e/ou utilização de links falsos.

O Banpará não envia links por e-mail, site, Short Message Service - SMS e/ou Redes Socias.

O Compartilhamento com Terceiros

O site do Banpará contém links para sites externos. Porém, não tem acesso às informações coletadas por cookies presentes nos sites direcionados por esses links.

Sempre que outras organizações forem contratadas para prover serviços de apoio, será exigida a adequação aos padrões de privacidade e a legislação aplicável ao Banpará.

Direitos dos Titulares

Em cumprimento e respeito aos princípios da Lei nº 13.709/2018, Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, o Banpará reafirma seu compromisso com a transparência e segurança, garantindo ao cliente a possibilidade de apresentação de solicitações baseadas nos seguintes direitos:

  • Confirmar se o Banpará trata seus dados;
  • Consulta e acesso gratuito aos dados pessoais de sua titularidade;
  • Corrigir dados incompletos, desatualizados ou inexatos;
  • Solicitar a anonimização, bloqueio ou eliminação de seus dados, se tratados em desconformidade com o disposto na Lei;
  • Solicitar a portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto, respeitando os princípios da Lei e do órgão fiscalizador;
  • Ser informado de forma clara sobre a utilização dos seus dados, quando solicitado;
  • Solicitar a eliminação dos seus dados tratados através de consentimento, exceto quando impedido por Lei;
  • Se opor aos tratamentos realizados com fundamento em uma das hipóteses de dispensa de consentimento, em caso de eventual descumprimento ao disposto na Lei;

Responsabilidade

O Banpará assegura que as informações (textos, imagens, sons e/ou aplicativos) contidas em seus sites estão de acordo com a legislação e normativos que regulam os direitos autorais, marcas e patentes, não sendo permitidas modificações, cópias, reproduções ou quaisquer outras formas de utilização para fins comerciais sem o consentimento prévio e expresso do banco.

O Banpará não se responsabiliza por eventuais danos e/ou problemas decorrentes da demora, interrupção ou bloqueio nas transmissões de dados ocorridos na Internet, bem como por indisponibilidades e falhas técnicas.

Ressaltamos que novos serviços online estarão, automaticamente, sujeitos à Política de Privacidade vigente à época de sua utilização.

A qualquer momento, sem aviso prévio ou posterior, o Banpará poderá suspender, cancelar ou interromper o acesso aos sites e aplicativos, inclusive se o uso destes canais contrariar o disposto neste documento.

Glossário

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS (LGPD): Lei nº 13.709/2018, brasileira, que regula todo o processo de proteção à privacidade dos dados pessoais e sensíveis dos seus titulares.

COOKIES: informações enviadas pelo servidor de um site para o computador dos clientes, para identificá-lo e obter dados de acesso, como páginas navegadas ou links acessados, permitindo, desta forma, personalizar a navegação dos clientes no site, de acordo com seu perfil. O site institucional do Banpará não utiliza cookies, logo, não é necessário aceita-los para navegação.

DADO PESSOAL: Informações relativas a uma pessoa singular/natural, identificada ou identificável, que seja titular dos dados. É considerada identificável, a pessoa singular passível de ser identificada, direta ou indiretamente, em especial por referência a um identificador. Como, por exemplo, um nome completo, dados de localização, identificadores por via eletrônica a um ou mais elementos específicos da identidade física, fisiológica, genética, mental, econômica, cultural ou social.

DADOS SENSÍVEIS: dentro do conjunto de dados pessoais, há ainda aqueles que exigem mais atenção, os "sensíveis", que são os que revelam origem racial ou étnica, convicções religiosas ou filosóficas, opiniões políticas, filiação sindical, questões genéticas, biométricas e sobre a saúde ou a vida sexual de uma pessoa.

CLIENTE: pessoa natural ou jurídica que mantenha relação comercial com o Banco, por meio de contrato.

CONFIDENCIALIDADE: é a propriedade da informação que não estará disponível ou divulgada a indivíduos, entidades ou processos sem autorização.

INTEGRIDADE: corresponde à preservação da precisão, consistência e confiabilidade das informações e sistemas pela empresa ao longo dos processos ou do seu ciclo de vida. É importante que os dados circulem ou sejamarmazenados do mesmo modo como foram criados, sem que haja interferência externa que gere risco de corromper, comprometer ou danificá-los.

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: conjunto de práticas e métodos voltados para a preservação da confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação tratada no âmbito da organização.

TITULAR: pessoa natural a quem se referem os dados pessoais que são objeto de tratamento.

TRATAMENTO: abrange um amplo conjunto de operações efetuadas sobre dados pessoais, por meios manuais ou automatizados, que se refere à coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, cruzamento, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação.

Como entrar em contato conosco

Caso você ainda tenha dúvidas, entre em contato com o responsável pela proteção de dados (DPO).

Carlos Alexandre Ferreira da Silva

dpo@banparanet.com.br

Arquivo

Política de Privacidade

19/08/2020 PDF Política de Privacidade (273 Kb)